“Pra ser sincero eu tive medo, foi isso, medo. Eu… não queria estragar tudo, atropelar o tempo, falar besteira, eu sempre faço isso. Eu tive medo de estragar tudo, mas caramba, você faz isso bem melhor que eu.”
But, I like you.    (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
“Você sabe. Acho que sempre soube. Eu tinha medo de gostar de alguém, de me envolver, de me mostrar sem disfarces. Amar dá um medo danado. De perder a liberdade, a identidade, de se machucar, de não saber mais voltar.”
Clarissa Corrêa.     (via longstorms)
“Chegou o dia que eu percebi que era a única pessoa a me importar comigo.”
Diário de um Suicida | William P. (via fr-aquejar)
“Apagar número do celular, excluir do facebook, deixar de seguir no tumblr, instagram, é super fácil. Mas pra tirar do coração, como faz?”
Ellen Muniz (via de-cepcionarei)
“Eu posso até perdoar, mas esquecer não consigo. A mágoa permanece e fico lembrando o quanto triste eu fiquei quando você se desfez de mim. Tão alegre eu fui em sua direção, tão feliz fiquei ao te ver, e você apenas me olhou com aquela cara de quem não queria conversa. Eu insisti, puxei papo, mas você com aquela pressa toda apenas se foi. Engoli seco aquilo, me despedi e sai andando, com o coração pesado e cheio de tristeza. Fiquei chateado, porque a gente percebe quando não é bem vindo.”
Marcello Henrique.
(via d-engoso)